Câncer de Mama: Precisamos Falar (URGENTE) Sobre Isso!

Câncer de Mama: Precisamos Falar (URGENTE) Sobre Isso!

O que você precisa saber sobre o câncer de mama ?

Estamos em outubro: o mês de prevenção ao câncer de mama. É nesse mês acontece o Outubro Rosa, um movimento internacional voltado à conscientização sobre a importância da detecção precoce desse tipo de câncer. O mês inteiro é tradicionalmente destinado a levar informações sobre a importância da detecção precoce e o incentivo para que as mulheres conheçam suas mamas e possam ficar atentas para alterações suspeitas.

Separamos um material informativo para ajudar você na prevenção e deixar a sua saúde em dia para aproveitar a vida.

Antes de tudo, dados alarmantes sobre o câncer de mama.

A cada 11 minutos uma mulher é diagnosticada com câncer de mama.

No Brasil, é a causa de morte mais comum entre mulheres entre 35 e 54 anos. Só nas últimas duas décadas, a taxa bruta de mortalidade por câncer de mama apresentou uma elevação de 68%.

Fatores de risco

Sem ter uma causa única, o câncer de mama possui inúmeros fatores que contribuem para o desenvolvimento da doença. Os principais fatores de risco são subdivididos em:

• Idade
• Fatores Endócrinos
• Comportamentais
• Ambientais
• Genéticos e Hereditários

Fatores de risco que podem desenvolver o câncer de mama.

• Menstruação anterior aos 12 anos
• Menopausa após os 55 anos
• Primeira gravidez após os 30 anos;
• Não ter tido filhos
• Uso de contraceptivos orais
• Terapia de reposição hormonal pós-menopausa por tempo prolongado.
• Ingestão de Bebida Alcoólica
• Sobrepeso
• Obesidade Após a Menopausa
• Exposição à Radiação Ionizante

Sintomas do câncer de mama

Fique atenta aos principais sintomas que podem indicar o surgimento do câncer de mama.

  • Nódulo (caroço) – um nódulo fixo no seio, geralmente indolor, é um sintoma que está presente em aproximadamente 90% dos casos.
  • Alterações na pele da mama – cor avermelhada,retraída ou com aspecto de casca de laranja.
  • Alterações no bico do peito (mamilo).
  • Nódulos pequenos nas axilas e no pescoço.
  • Liquido anormal expelido pelas mamas.

 

Caso você tenha um desses sintomas. Investigue urgentemente com o seu médico. Apenas um profissional poderá dar o diagnóstico preciso.

Vale salientar que a informação é uma das principais maneiras de prevenir o câncer de mama. Conhecer o próprio corpo e saber das condições naturais e de possíveis alterações é determinante para que se possa ter uma detecção precoce da doença. Dessa forma, as chances de cura são muito maiores.


Hot Pepper Sex Shop

 

Outubro é o Mês de Combate e Prevenção ao Câncer de Mama

 

A prevenção do câncer de mama

Infelizmente, é impossível prevenir 100% das chances de ter o câncer de mama. Isso se deve aos inúmeros fatores e variáveis já citados e que influenciam diretamente no surgimento da doença. Mas com ações preventivas e controle dos fatores de risco, é possível que tenhamos uma redução das chances da doença aparecer. E tão importante quanto, no caso do surgimento do câncer, identifica-lo no início é uma grande vantagem para o tratamento.

Estudos revelam que é possível reduzir as chances de desenvolver câncer de mama em até 28% apenas com o controle da alimentação e exercícios físicos. O controle do peso corporal, da obesidade, a alimentação saudável, a pratica regular de exercícios físicos, além de evitar o consumo de bebidas alcoólicas. Essas ações são consideradas como atitudes básicas para a prevenção. A amamentação também é um fator considerado benéfico.

Terapias de reposição hormonal (TRH) também ajudam, mas isso requer obrigatoriamente acompanhamento médico para que seja feita da maneira correta.

 

A importância do autoexame

Se você é mulher e tem mais de 20 anos, faça o autoexame. Cerca de 90% dos casos de câncer de mama são detectados através do autoexame simples, feito pela própria mulher.

Todas as mulheres deveriam fazer a mamografia anualmente (exame capaz de detectar lesões não palpáveis), a partir dos 40 anos de idade. Em casos de histórico familiar, iniciar antes.

As principais ações para a prevenção do câncer de mama:

  • Fazer visitas anuais ao ginecologista;
  • Fazer o auto-exame uma vez por mês;
  • Submeter-se ao exame de mamografia anualmente após os 40 anos.

Como Fazer o Autoexame para Detectar o Câncer de Mama?

 

O auto exame de mamas deve ser realizado mensalmente por todas as mulheres a partir de 21 anos de idade, sete dias depois do início da menstruação, quando as mamas se apresentam mais flácidas e indolores. Após a menopausa, deve-se definir um dia do mês e realizar o exame sempre com intervalo de 30 dias.

Mamografia

A mamografia é uma radiografia das mamas em várias incidências.

Não tenha qualquer receio em fazer uma mamografia. As doses de radiações que são usadas atualmente são muito pequenas e o exame anual não representa qualquer risco.
A mamografia é um exame insubstituível na prevenção do câncer de mama. Só a mamografia permite detectar alterações mínimas e revelar nódulos que não são perceptíveis à palpação.

A possibilidade de cura  do câncer de mama é maior quanto menor for a lesão! Faça o autoexame! Cuide-se! Prevenir ainda é o melhor remédio.

E no mais, aproveite a vida em sua plenitude!

 

Para mais informações sobre o Câncer de Mama, você pode ler no Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva

Comentários

Deixe um comentário